Ajude a acabar com o Zika sem sair de casa

Vírus da Zika foi isolado em macacos em 1947 na República de Uganda e em 1968 isolou-se na Nigéria pela primeira vez em humanos. Desde então acontecem surtos de febre do Zika na África, sudeste asiático e nas últimas décadas em algumas ilhas na Oceania. Mas foi quando chegou ao Brasil que o vírus causou pânico no mundo, por afetar gravemente a formação de fetos, fazendo nascerem crianças com microcefalia e afetadas pela Síndrome Congênita do Vírus Zika.

Criança com microcefalia resultante do Zika | Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
Pesquisas brasileiras, europeias e estadunidense confirmaram que a microcefalia está associada ao vírus da Zika. Agora busca-se uma cura para o Zika e você pode ajudar de casa, emprestando tempo de processamento do seu computador para que pesquisadores processem dados das pesquisas com maior velocidade.




Empreste seu computador


Processar dados científicos não é algo simples. De maneira geral grandes laboratórios processam informações usando supercomputadores próprios. O Brasil inclusive tem um supercomputador público, o Santos Dumont, para ajudar em pesquisas.

O grande empecilho é o custo proibitivo de um supercomputador, que pode chegar à casa dos milhões. O mais poderoso supercomputador brasileiro custou a bagatela de R$ 60 milhões. Ainda, por ser público, é necessário entrar em uma fila e marcar um horário para usar durante um tempo parte de seu poder de processamento, o que não é adequado para pesquisas urgentes e específicas.

Mas existe uma maneira mais barata de ajudar pesquisas importantes e que não tem grandes patrocínios, que é emprestando tempo de processamento de seu computador em casa quando ele não está sendo usado. Com milhares de computadores emprestando processamento, essa grade de computadores pode fazer o mesmo trabalho de um supercomputador.

-- Leia mais a respeito da computação em grade aqui e veja outras pesquisas que você pode ajudar | Clique Aqui

Cadastre-se no projeto


O OpenZika, projeto que está pesquisando sobre o vírus da Zika e que está necessitando de ajuda, está hospedado no World Community Grid, projeto encabeçado pela IBM.

Primeiro passo é fazer o cadastro: http://join.worldcommunitygrid.org?recruiterId=699126

Segundo passo é escolheres o projeto OpenZika para participar. No site, vá em "My Contribution" e depois em "My Projects".


Existem outros projetos tão importantes quanto. É possível selecionar todos do seu interesse. O programa BOINC, que será falado abaixo, fará a gestão automaticamente.

Baixe e instale o BOINC


BOINC é o programa gerenciador criado pela famosa universidade de Berkeley. Baixe e instale o BOINC. No Ubuntu, vá à Central de Programas, procure pelo software e clique para instalá-lo. No Windows e Mac OS X, vá ao site oficial e baixe:

Visão avançada do BOINC
Após a instalação adicione o projeto World Community Grid em "Ferramentas", "Adicionar projeto...".



Sempre que seu computador ficar sem uso, você estará ajudando a encontrar uma cura para os males do Zika.


Configurando o BOINC


Configure quanto tempo após o computador ficar inativo o programa iniciará. Também quanto de processamento ele consumirá. Não precisa usar todo o processamento da máquina. Deixe entre 50 e 80% que está bom.

Não esqueça de marcar a opção para suspender quando em uso



0 comentários: