Suítes de escritório para Linux

Não há Microsoft Office para GNU/Linux? Não se preocupe. Existem ótimas alternativas para substituir a excelente suíte de escritório da empresa de Redmond, custando muito pouco ou até nada.


LibreOffice


É um pacote de escritório completo criado pela The Document Foundation com base no OpenOffice. A suíte conta com o apoio de grandes grupos e empresas como: Google, Canonical, Novell, Mageia, 4Linux, FSF, Red Hat, entre outras.

O programa é composto pelo: Writer, editor de textos; Calc, de planilias; Impress, de apresentações; Draw, de desenhos e diagramas; Base, de banco de dados.

LibreOffice é referência mundial e está sendo adotado como software padrão em universidades, empresas estatais e órgãos do Estado. O pacote de escritório da The Document Foundation é compatível com o formato universal, aprovado pela ISO e ABNT, de documentos ODF e também com os formatos proprietário e restritivo da Microsoft (.doc e .docx).

Tipo: código aberto.
Preço: grátis.

Onde baixar?
- Central de Programas da sua distribuição Linux.
- Página oficial | https://pt-br.libreoffice.org

Apache OpenOffice


É o pacote de escritório baseado no StarOffice, comprado pela Sun. Com a venda da Sun para a Oracle esta passou aplicar uma política diferente, que fez dividir os desenvolvedores, indo parte para o projeto LibreOffice. Oracle depois da cisão acabou doando para a Fundação Apache a suíte, ficando agora a cargo deles o desenvolvimento. OpenOffice é praticamente idêntico ao LibreOffice, não só estruturalmente mas visualmente também.

O pacote de escritório da Apache é compatível com o formato universal, aprovado pela ISO e ABNT, de documentos ODF e também com os formatos proprietário e restritivo da Microsoft (.doc e .docx).

Tipo: código aberto.
Preço: grátis.

Onde baixar?
- Central de Programas da sua distribuição Linux.
- Página oficial | http://www.openoffice.org/pt-br/

SoftMaker Office


Desenvolvido pela empresa alemã SoftMaker o SoftMaker Office sem dúvidas é um dos melhores pacotes de escritório que existem. Ele é bem leve, poderoso, 100% compatível com o Microsoft Office (.doc e .docx) e compatível com o formato universal, aprovado pela ISO e ABNT, de documentos ODF.

Sua interface é muito amigável e prática, contando inclusive com um sistema de abas, como no descontinuado IBM Lotus Symphony. O pacote é composto por: TextMaker, um editor de textos; PlanMaker, de planilha; SoftMaker Presentations, de apresentações; BasicMaker, um criador de macros para automatização do TextMaker e PlanMaker; e para o pacote Professional há o eM Client Professional, que é um programa de gestão de tempo, controle de tarefas e cliente de e-mail. É o Outlook da Sofmaker.

A suíte no Linux encontra-se na versão 2012 e está disponível em português do Brasil.

Tipo: proprietário/código fechado.
Preços:
- 3 licenças: 69,95 Euros.
- Preço atualização: 49,95 Euros.
- Estudantes e professores: 19,95 Euros.
- Instituições de ensino: 19,95 Euros para todos os computadores.

Onde comprar?
- Página oficial | http://www.softmaker.com/english/ofl_en.htm




SoftMaker FreeOffice


É a versão grátis do SoftMaker Office. Tem algumas limitações, como não salvar em .doc e docx (abre normalmente) e ter menos ferramentas avançadas.

Ele está disponível em português do Brasil.

Tipo: proprietário/código fechado.
Preço: grátis.

Onde baixar?
- Página Oficial | http://www.freeoffice.com/pt/

Calligra Suite/KOffice


Calligra nada mais é que a nova geração de um excelente pacote de escritório baseado na biblioteca Qt, usado pelo ambiente KDE. Ele ainda não tem uma versão estável então deve-se usar seu precursor, o KOffice.

Calligra é composto por 8 aplicativos, entre eles o editor de textos, planilhas, apresentação e até outros muito procurado no mundo do negócio, como o Flow, concorrente do Microsoft Visio.

Tipo: código aberto.
Preço: grátis.

Onde baixar?
- Central de Programas da sua distribuição Linux.
- Página oficial | http://calligra-suite.org

ThinkFree Office


Desenvolvido pela Haansoft Corporation o pacote pago de escritório da empresa sul-coreana é uma cópia do Microsoft Office 2003. A ideia é preservar o mesmo jeito de usar, para ninguém ter que reaprender e gastar tempo.

A suíte trabalha perfeitamente com os formatos proprietários da Microsoft (.doc e .docx), mas não com o padrão ISO de documentos ODF. Outro ponto ruim é a disponibilidade de idioma. Não existe opção para português apesar de ter corretor ortográfico em português.

ThinkFree Office conta com a famosa tríade de editor de textos (Write), planilhas (Calc) e apresentação (Show).

Tipo: proprietário.
Preço: a partir de R$ 171.

Onde comprar?
Página oficial | http://product.thinkfree.com/office/en/index.html




Google Docs


Suíte de escritório online da Google. Com ele é possível criar documentos de texto, planilhas e fazer apresentações. Tem bem menos opções que os pacotes instaláveis já citados, mas há outros benefícios, como o armazenamento de documentos online, podendo ser editado em qualquer lugar e por várias pessoas ao mesmo tempo, usando inclusive bate-papo instantâneo.

Para muitas pessoas as restritas opções do Google Docs é suficiente. No entanto, para muitos Google Docs fica devendo. Docs ainda tem pequenos erros, como o corretor ortográfico, que detecta o idioma automaticamente mas confunde a língua constantemente e o velho problema de desconfiguração de formatação quando há exportação de documentos. Mas fora isso ele é sim relevante no mercado.

Tipo: proprietário online.
Preço: grátis.

Onde acessar
- Página oficial | https://docs.google.com

Zoho Office


Pacote de escritório da Zoho Corporation não é tão conhecido, mas é excelente e muito completo. Tão completo que quase chega a ser comparado a um programa “físico”.

Os programas que vem no pacote são: editor de texto Zoho Writer; planilha Zoho Sheet; aplicativo de apresentação Zoho Show; bloco de notas Zoho Notebook; agenda Zoho Planner; chat Zoho Chat; cliente de e-mail Zoho Mail e outros como o Zoho Reports; Projects; BugTracker; CRM; Invoice; Creator; Wiki; Discussions; Meeting; People; Zoho Books; Zoho Docs.



Tipo: proprietário online.
Preço uso pessoal: grátis.
Preço uso corporativo: a partir de US$ 48/ano ou US$ 5/mês.

Onde acessar?
- Página oficial | http://www.zoho.com

Microsoft Office 365


Para empresas é a melhor solução online do mercado. Com o Office 365 você tem os famosos aplicativos da Microsoft como: Microsoft Word, Excel, PowerPoint e OneNote e mais ferramentas Microsoft Exchange Online, SharePoint Online e Lync Online.

Mas como é de costume a Microsoft usa o modelo de negócio tradicional, ou seja, pague para usar. Os preços vão depender dos planos. Isso ainda sendo multiplataforma pois roda no navegador.

Tipo: proprietário online.
Preços:
- Pessoal: a partir de R$ 21/mês.
- Corporativo: a partir de R$ 16,30/mês/usuário.

Onde acessar?
- Página pessoal | https://office.live.com

0 comentários: